Quarta-feira, 12 de Março de 2008

O Jardineiro Feliz

 

Estou feliz porque estou contente. Não me lembrarei dos monstros debaixo da cama nem no armário desde que me pintes de vermelho rosa e azul. Do meu papá a bater na minha mamã. Do meu irmão que me puxa os cabelos. Da minha tia que me dá muitos beijos que cheiram a cigarro. Do meu avô que me explicou que sou hipócrita. Mundo de cor, luz e imaginação.


publicado por Axel às 11:17
link do post | comentar (mas com cuidado) | favorito
|

Wind In The Wires

Nós

pesquisar

 

Abril 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


coisas recentes

Velho Autista

Artista Plástico

Porta para Anões

Alma

Morte do Artista

O Gigante Mirrado com Com...

Proxenetas e atrasados me...

O Gigante Mirrado com Com...

O Jardineiro Feliz

Sistemas de Morte a Cínic...

coisas mais antigas

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

blogs SAPO

subscrever feeds