Terça-feira, 12 de Fevereiro de 2008

A Arte É a Expansão da Confusão Conceptual

 

– Ó Zé, podias-me ir ali abaixo comprar uns ovos, enquanto eu varro a entrada?

– Que é que isso tem a ver com o azul do céu?

– Ó Zé, podes-me trazer esse trapo daí?

– Que é que isso tem a ver com as luzes pequenas no escuro?

– Ó Zé, come lá esse restinho que ficou no fundo.

– Não me poderias pedir antes que te alimentasse a alma?

– Ó Zé, já pagaste a água e o gás?

– Porque não me pedes para olhar para o Sol e dizer quão brilhante é?

– Ó Zé, a arte é a expansão da confusão conceptual.


publicado por Axel às 17:12
link do post | comentar (mas com cuidado) | favorito
|

Wind In The Wires

Nós

pesquisar

 

Abril 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


coisas recentes

Velho Autista

Artista Plástico

Porta para Anões

Alma

Morte do Artista

O Gigante Mirrado com Com...

Proxenetas e atrasados me...

O Gigante Mirrado com Com...

O Jardineiro Feliz

Sistemas de Morte a Cínic...

coisas mais antigas

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

blogs SAPO

subscrever feeds